E-MAIL:    SENHA: 




E-mail
Senha
 
Cadastre-se!
IBEDESS > NOTÍCIAS > IBEDESS

Envie para um amigo  |  Imprimir  |  Voltar
Concentração de mercado na área hospitalar exige cuidados

 A concentração de mercado na área da saúde, que teve seu início com as operadoras de planos de saúde, passou para o setor de diagnósticos e atualmente se apresenta de forma mais latente na área hospitalar, é um fenômeno irreversível e que requer cuidados para que em médio e longo prazos os usuários não sejam prejudicados. Essa é a opinião do coordenador geral do 17º Congresso Latino-Americano de Serviços de Saúde (ClasSaúde) e vice-presidente do Conselho Deliberativo do Hospital Nossa Senhora de Lourdes, Fábio Sinisgalli. “Em todo processo de concentração medidas devem tomadas para tentar minimizar seus efeitos nocivos. Na saúde, as principais questões e preocupações que se apresentam estão relacionadas à qualidade da assistência, acesso aos serviços e manutenção da concorrência”, frisa Fábio Sinisgalli.
            Para o executivo, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) tem papel fundamental no processo de consolidação do mercado. “Além da regulamentação, a fiscalização precisa ser atuante para evitar que os usuários da saúde suplementar sejam prejudicados em médio ou longo prazo”. Questões econômicas não devem se sobrepor às necessidades terapêuticas do paciente, por exemplo. A Resolução da ANS que prevê prazos máximos para agendamento de consultas e exames, bem como o programa de qualidade para operadoras e prestadores, são sinais de que a Agência está atenta e agindo para garantir a efetividade do sistema, na visão de Sinisgalli. “Sem fiscalização os objetivos podem se desvirtuar, o que será ruim para toda a cadeia da saúde”.
A velocidade com que a consolidação vem acontecendo não surpreende o coordenador geral do ClasSaúde. Para Sinisgalli, esse processo traz muitas oportunidades, como a padronização e a otimização de recursos. E, com maior poder de barganha e negociação desses grupos, as pequenas e médias empresas privadas que prestam serviços de saúde precisam estar atentas e usar de muita criatividade para não desaparecer do mercado. “O ClasSaúde é uma vitrine importante para que os gestores conheçam e debatam os temas que realmente podem fazer a diferença para a sustentabilidade da empresa”, garante Sinisgalli.
Financiamento, reforma fiscal, transição demográfica, a relação entre o público e o privado, judicialização e concentração de mercado. Estes são alguns dos temas que serão discutidos no 17º Congresso Latino-Americano de Serviços de Saúde, evento internacional do ClasSaúde que acontece nos dias 23 e 24 de maio, no Centro de Convenções do Expor Center Norte, em São Paulo. “Este ano privilegiamos assuntos que estão pipocando no mercado, porque esses movimentos estão mudando o modelo de negócios da saúde“, explica Fábio Sinisgalli. O Congresso está dividido em três módulos: Sistema de Saúde Público-Privado (23 de maio), Capacitação Profissional (23/05) e Saúde Suplementar (24/05). 
            O cenário econômico e a expansão do setor é outro tema que será abordado no evento. A ideia desse talk show é reunir empresários que atualmente são referência na área. “São executivos que, há alguns anos, enxergaram oportunidades e investiram certo. Queremos conhecer quais as perspectivas deles para os próximos anos, as estratégias de crescimento dessas empresas e como eles veem a economia em relação ao setor da saúde”, explica Fábio Sinisgalli.
            Se o setor aposta em crescimento para os próximos anos, certamente haverá aumento de demanda e novas oportunidades de negócios devem surgir. “O movimento dos estabelecimentos de saúde cresceu. Em paralelo uma resolução da ANS impõe prazos de atendimento. Novas soluções devem ser apresentadas para esse cenário, como o incremento da desospitalização e a ambulatorização. E isso abre novas oportunidades de negócios”, acredita. 
             O ClasSaúde congrega seis congressos de gestão na área, todos oficiais da Hospitalar Feira + Fórum. Os eventos acontecem de 23 a 25 de maio, durante a Hospitalar 2012, no Expo Center Norte, em São Paulo, com promoção da Confederação Nacional de Saúde (CNS), Federação Nacional dos Estabelecimentos de Serviços de Saúde (Fenaess), Sindicato dos Hospitais, Clínicas e Laboratórios do Estado de São Paulo (SINDHOSP) e Hospitalar Feira + Fórum. Inscrições realizadas pelo site www.classaude.com.br até 14 de maio têm valores diferenciados. Após essa data, somente no local, no dia do evento, mediante disponibilidade de vagas. Conheça a programação do ClasSaúde no site www.classaude.com.br. Informações, pelo e-mail: classaude@classaude.com.br, tel (11) 3221-9333.


Texto e divulgação: Ana Paula Barbulho (MTB 22170)
Coordenadora de Comunicação ClasSaúde
imprensa@classaude.com.br